Orquestra leva música clássica às escolas

Os alunos da Emeb Luiz Bárbaro tiveram uma manhã diferente, ao som de música erudita, nesta quarta-feira (18). As 230 crianças entre três e cinco anos matriculadas no período matutino na escola de Educação Infantil, localizada na Ponte São João, receberam a visita do Quarteto de Cordas da Orquestra Municipal de Jundiaí. A apresentação, acompanhada pelos olhares atentos da criançada, integra as ações paralelas da OMJ, fora dos palcos do Teatro Polytheama, e é mais uma realização da Plataforma de Educação e Cultura da Prefeitura.

Pelo programa Escola Inovadora, a musicalização integra a grade de ensino por meio do MusicArte, iniciativa que agrega também a formação docente.

A apresentação contou com a mediação de Claudia Feres, maestrina e regente titular da Orquestra, que apresentou os músicos, a fabricação e manuseio dos instrumentos, a composição da Orquestra e o programa musical da manhã, que contou com Amadeus Mozart, Johann Strauss e clássicos do cinema infantil. “Este é um trabalho de criação de plateia e de incentivo à apropriação dos espaços culturais. O roteiro que a Orquestra às escolas é adequada a todas as idades e temos notado, por meio dos olhares curiosos das crianças, o quanto os profissionais da Prefeitura são cuidadosos e dedicados em sala de aula.”

 

O gestor da Unidade de Cultura, Marcelo Peroni, ressaltou a importância dos corpos artísticos mantidos pela Prefeitura. “Além da Orquestra, Jundiaí conta com as companhias Jovens de Dança e de Teatro, além do Coral Municipal, o que representa o fomento às atividades de mais de 80 artistas. Somado a isso, por meio das atividades descentralizadas nas unidades escolares, trabalha-se a formação de público, já que as crianças são multiplicadores e incentivam a ida dos pais aos espaços culturais municipais”.

A pequena Yasmin Cau escolheu o violoncelo como seu instrumento preferido. “Gostei muito da apresentação e reconheci a música da Pequena Sereia. Fiquei com vontade de dançar”, comentou a pequena de quatro anos, próximo à idade com que o Mozart debutou como compositor.

 

Mais Orquestra

O próximo concerto da OMJ no Teatro Polytheama será realizado em 12 de outubro, às 20h. Ainda este ano estão também previstas apresentações do Quarteto de Cordas em escolas da rede e concertos da Orquestra com os demais corpos artísticos.