Pernambuco conhece a Escola Inovadora

“Jundiaí é uma cidade comprometida com a Educação. Comprovamos isso com visitas às Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Ana Rita Ludke e Clotilde Copelli de Miranda e com a conversa com os gestores, que explicaram todos os projetos que fazem parte da Escola Inovadora. Nosso interesse foi despertado durante o evento Educador Nota 10, em que a educadora Arabelle Calciolari foi uma das premiadas. Vamos replicar as ideias aplicadas aqui, para incentivar”, comenta a gerente pedagógica da Secretaria de Educação da cidade de Paulista, em Pernambuco, Marilúcia Francisco da Silva, que visitou equipamentos de Educação da Prefeitura de Jundiaí. Ela retorna para a cidade pernambucana com o exemplo das ações realizadas em Jundiaí, com a meta de implementar as iniciativas para a melhoria da qualidade do ensino municipal, aos 19 mil estudantes das 62 unidades escolares que tem IDEB de 4,7 registrado em 2017.

A gerente pedagógica veio para São Paulo acompanhar o prêmio Educador Nota 10, realizado na última segunda-feira (30), na Sala São Paulo. Lá, teve contato com o projeto “Os Beatles – Seu Tempo e Sua História”, de autoria da educadora jundieiense Arabelle Calciolari. “A Arabelle mostrou a realidade pedagógica da cidade, o comprometimento no desenvolvimento das crianças, a forma como cuida das crianças e o comprometimento com o ensino de qualidade. Isso despertou nosso interesse em conhecer detalhadamente Jundiaí, para levar para nossa cidade experiências positivas em gestão da educação e de projetos”, explica Marilúcia.

Durante o encontro, realizado no Complexo Argos, com a participação da Educadora Nota 10 de Jundiaí, a gerente, acompanhada da educadora e responsável pelo acompanhamento pedagógico dos estudantes, Érica Feijó, destacou a importância do Fab Lab para o desenvolvimento infantil. “Temos uma parceria com o Sesi para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), mas assim que chegar em Paulista, vamos buscar uma parceria semelhante”, explica. Outro ponto salientado pela educadora da região nordeste é a gestão das capacitações aos professores.

De acordo com a gestora da Unidade de Gestão de Educação, Vasti Ferrari Marques, a recepção das educadoras em busca de detalhes sobre a Escola Inovadora é mais um reconhecimento da qualidade da Educação de Jundiaí. “O modelo educacional implementado com pilares em formação continuada, ambiência e desenvolvimento das crianças tem o foco na formação de crianças potentes, investigadoras, ‘makers’ e que sejam preparadas para os desafios que enfrentarão. Ficamos felizes e gratos por poder mostrar o que temos desenvolvido, servindo de exemplo para outras cidades”, conta. Jundiaí registra IDEB de 7,1, índice que era projetado para o ano de 2021.