DIG prende autor de homicídio no Jardim Florestal

Os policiais da equipe Apolo 2 da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, Eduardo, Ricardo e Adilson esclareceram e prenderam, em menos de 24 horas, um autor de homicídio ocorrido no Jardim Florestal. O crime ocorreu após o autor e vítima assistirem pela TV a partida de Santos 2 x Palmeiras 0.

O pedreiro Adinaldo Souza Almeida, de 38 anos, morador em Franco da Rocha, matou o colega de trabalho Rafael Oliveira Ribeiro, de 37 anos, em uma construção no Jardim Florestal.

Adinaldo utilizou uma faca de churrasco para ferir o amigo, após uma discussão, no final da partida.

O pai de Rafael acordou de madrugada com o som alto da TV e viu o filho morto.

Os policiais Eduardo, Ricardo e Adilson realizaram buscas durante todo o dia e Adinaldo estava foragido.

Ao ser localizado, ele conversou por telefone com os investigadores e concordou em se entregar.

Disse aos policiais chefiados pelo investigador Márcio que vinha tendo problemas com o amigo. E avisou que já tinha matado outra pessoa, para não provocá-lo. Mas a discussão se prolongou depois do jogo que estavam vendo pela TV e desferiu um golpe de faca.

A arma utilizada para o crime foi abandonada em um terreno. O próprio autor indicou onde jogou a faca, que foi apreendida.

Adinaldo vai aguardar sentença da Justiça no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.