‘Dia D’ contra o Sarampo foi de validação de carteiras

A Campanha Seletiva de Vacinação contra o Sarampo, que teve o Dia D no sábado (19) foi de validação de carteiras de vacinação do público entre 6 meses a menores de 5 anos. Com cobertura da população acima de um ano é 100% em primeira aplicação aos 12 meses, registrada pela Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Jundiaí. O foco, nesta semana, será direcionado para as crianças entre 6 meses e menores de um ano, que foram inseridas no mês de agosto, pelo Ministério da Saúde (MS), como público com imunização da dose tríplice (Sarampo – Caxumba e Rubéola).

De acordo com a enfermeira Maria do Carmo Possidente, a cobertura vacinal para as crianças de Jundiaí está acima das médias. “As crianças menores de 5 anos possuem índice de vacinação de 100% da população, em seus respectivos anos de nascimento. A importância e atenção dos pais e responsáveis deve ser para os bebês menores de um ano, que passaram a ser vacinados a partir dos 6 meses. Neste público em específico, Jundiaí conta com 86% de cobertura. No entanto, os não vacinados correm o risco de ser contaminados com a doença. A vacina continua disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde e Clínica da Família de Jundiaí, gratuitamente, durante toda a semana”, explica.

Os dados contabilizados apontam que passaram pelas UBSs Tamoio, Hortolândia, Rami e Clínica da Família, 350 pessoas em busca de certificação sobre a imunização das crianças entre 6 meses e menores de 5 anos. Dessas, apenas 25 não estavam com a carteira de vacinação em dia e precisaram receber a vacina.

Foi o que aconteceu com a mãe Tatiane Cristina Cunha Maronese, que buscou pela UBS Rami para a certificação da vacinação dos filhos Matheus (3 anos) e Isabela (8 anos). “Minha filha já não fazia parte do grupo da campanha, mas como trouxe meu filho, também aproveitei para verificar a situação da vacinação dela. Os dois estão com as doses em dia”, comemora.