Satélites são vistos a olho nu na região

Muitas pessoas viram, no final de semana, uma seqüência de luzes nos céus e ficaram impressionadas. O jundiaiense Alberto comentou que foi algo “deslumbrante”. Pareciam aviões em fileira.

O “fenômeno” que será frequente no planeta é o projeto SpaceX, de satélites estacionados em “baixa altitude’, para utilização no futuro de Internet de Banda Larga, duas vezes mais rápida do que a fibra ótica.

O projeto é do empresário e cientista Elon Musk, dono da SpaceX, que criará a rede Starlink com 4 mil satélites posicionados estrategicamente para cobrir todo o planeta Terra.

Em Jundiaí, foram várias as pessoas que viram a sequência de luzes dos satélites refletidos. Surgiram comentários de todos os tipos.

 

No Rio Grande do Sul, onde o “fenômeno” ganhou as redes sociais, a população falava que eram drones ou discos voadores.

A SpaceX lançou em maio deste ano 60 satélites e em novembro mais 60.

Confira o projeto da empresa