Morre mais uma vítima de avião de Jundiaí que caiu na Bahia

Morreu no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, mais uma vítima do avião que saiu de Jundiaí no dia 14 de novembro e caiu ao tentar pousar na pista de um resort localizado na praia de Barra Grande, em Maraú, no litoral sul da Bahia. A vítima dessa vez é o menino Eduardo Brandão, de 6 anos.

Ele era filho da jornalista Marcela Elias, de 37 anos, que morreu na hora. O pai, Eduardo Trajano Telles Elias, de 38 anos, continua internado em estado grave.

Também morreram posteriormente em hospitais a assessora de imprensa Maysa Marques Mussi, de 27 anos; o ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha, de 36 anos e o piloto da aeronave Fernando Oliveira Silva, de 26 anos.

Uma das hipóteses para o acidente teria sido uma forte corrente de vento na aterrissagem, porque o acidente foi a 20 metros da pista de pouso.

O avião era de um banqueiro e estava sendo comandado pelo piloto jundiaiense Aires Napoleão Guerra, de 66 anos, que teve 15% do corpo queimado.

O grupo viajava para um casamento na Bahia.