Centro Comercial no Trevo precisa de autorização da AutoBAn

A AutoBAn informou ao “Jornal da Região” que os empreendedores do Centro Comercial da Avenida Adilson Rodrigues com o Trevo da Avenida Jundiaí e Via Anhanguera devem pedir análise da concessionária, antes de começarem as obras. O “JR” anunciou na semana passada que existem negociações com o McDonald´s e outros comerciantes, para instalação no terreno onde funcionou a Kia e a Brasif.

A AutoBAn destaca que possuí uma equipe exclusiva para tratar de assuntos relacionados à faixa de domínio estadual e que os interessados em polos geradores de tráfego podem entrar em contato diretamente com a empresa. Serão fornecidas todas as instruções necessárias.

A AutoBAn informa que segundo o artigo 93 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), nenhum projeto de edificação que possa transformar-se em polo atrativo de trânsito poderá ser aprovado sem prévia anuência do órgão ou entidade com circunscrição sobre a via e sem que do projeto conste área para estacionamento e indicação das vias de acesso adequadas. De acordo com  o artigo 95 do CTB, nenhuma obra ou evento que possa perturbar ou interromper a livre circulação de veículos e pedestres, ou colocar em risco sua segurança, será iniciada sem permissão prévia do órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via.

A Prefeitura de Jundiaí também explica que possuí equipes de Obras e Trânsito que fazem análises dos impactos de vizinhança.

Outros empreendimentos às margens da Via Anhanguera não tiveram autorização de instalação em Jundiaí, como o Shopping Iguatemi no trevo da Avenida Jundiaí e o Alphaville (que está com processo na Justiça).