Galpão de Jarinu não tinha alvará

O galpão de reciclagem que pegou fogo na Rua Barros Neto, no bairro Maracanã, em Jarinu, na segunda-feira e que continuava com material queimando nesta quarta-feira (15), não tinha alvará de funcionamento da Prefeitura.

O proprietário não vinha cuidando do local segundo vizinhos, porque está com problemas de saúde. Mas um advogado procurou a Prefeitura para verificar o que é necessário para regularizar a situação.

A Defesa Civil de Jarinu tem acompanhado equipes dos bombeiros no combate às chamas, que voltaram nesta quarta devido ao material de fácil combustão. O fogo continua por baixo dos materiais.

O galpão teve a sua estrutura comprometida e deve ser demolido, segundo a Defesa Civil.

Moradores estão preocupados que o local volte a funcionar e ocorra novo incêndio. Eles pedem para a Prefeitura mais rigor na liberação de licenças comerciais. Nas proximidades havia também uma distribuidora de gás e os vizinhos ficaram preocupados.

Foto de Pedro Júnior