São Vicente cria salas para agilizar atendimento

Com o objetivo de humanizar o atendimento e diminuir o tempo de permanência dos pacientes no Pronto Socorro Adulto, o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo inaugurou duas salas exclusivas para avaliação médica de pacientes encaminhados à unidade de urgência e emergência. A iniciativa, que já apresenta resultados positivos, utiliza o método de classificação de risco.

“Os espaços são denominados de sala vertical e sala horizontal. Na vertical os profissionais avaliam pacientes de baixa complexidade que aguardam exame ou medicação e não retornam ao Pronto Socorro. Já na horizontal a equipe médica avalia pacientes mais graves. O tempo máximo para a tomada de decisão após essa avaliação é de até 6 horas. Dentro desse período, o paciente recebe alta ou é internado, de acordo com a necessidade do mesmo”, explica a gerente de enfermagem, Grace Campos.

O espaço vertical, onde o atendimento é de menor risco, é equipado com 10 poltronas e a sala horizontal conta com 6 macas, devido a gravidade do caso dos pacientes, que precisam permanecer deitados. Acompanhantes podem permanecer sentados ao lado dos pacientes. Ambos espaços oferecem mais conforto e segurança aos usuários, além de agilizar o atendimento na unidade.

“Antes nós não tínhamos uma estrutura adequada e nem um tempo limite para permanência desses pacientes no Pronto Socorro, ocasionando a demora dos procedimentos e grande volume de pessoas e macas em locais indevidos. A ação melhorou a rotatividade, acelerou a realização de exames e o controle no fluxo do corredor”, finaliza Grace.