Bombeiros recebem mais de 7 mil chamados

As fortes chuvas que atingem o Estado de São Paulo desde ontem (9) elevaram a quantidade de solicitações realizadas ao Corpo de Bombeiros da Polícia Militar. Desde às 00h até às 16h30, a corporação já havia recebido mais de 7,6 mil chamados apenas na capital e região metropolitana de São Paulo.

As equipes já se deslocaram para atender 932 ocorrências de enchentes, 166 de desabamentos ou desmoronamentos e 182 relacionadas a quedas de árvores. Segundo o capitão Palumbo, do CB, a orientação é não enfrentar as enchentes e, em caso de necessidade, acioná-los por meio do telefone 193. O oficial ainda destacou que todas as equipes da Instituição estão mobilizadas para retirar as pessoas de situação de risco, inclusive com o uso de botes salva vidas.

Além da ação dos Bombeiros, o Comando de Policiamento da Capital (CPC) determinou que todas as viaturas intensifiquem o policiamento nos principais terminais de passageiros e nos pontos de alagamento, além de prestar apoio aos cidadãos em pontos onde há aglomeração de pessoas, como terminais de ônibus e estações da CPTM.

O Helicóptero Águia também foi mobilizado para apoiar os resgates e a PM Rodoviária atua nos locais em que há pontos de alagamento e interdição de vias nas Rodovias Estaduais.

Atuação

Até o momento, foram quatro resgates, três deslocamentos para hemodiálises, um apoio em desmoronamento na zona leste da Capital e oito voos com o Helicóptero Águia. Em um dos deslocamentos, na manhã desta segunda-feira (10), o helicóptero pousou em uma das pistas da ponte da Freguesia do Ó e realizou o resgate de uma criança e uma idosa que foram tiradas do trânsito e levadas para o Hospital Samaritano para fazer hemodiálise.