Morre o homem que matou mulher na Vila Progresso

A Guarda Municipal de Jundiaí informa que morreu, no Hospital São Vicente de Paulo, o homem que matou uma mulher de 42 anos na avenida São Paulo, em frente ao número 1344, na Vila Progresso, na tarde desta quarta-feira (19).

Depois de esfaquear a vítima várias vezes, o autor tentou fugir, mas foi contido por populares. Um cidadão chegou a dar uma “gravata” no pescoço do acusado, jogando-o ao solo. Outros moradores da região e quem passava na hora amarraram o agressor.

Enquanto a Guarda Municipal não chegava, o autor do homicídio levou vários chutes na cabeça e no corpo. Tanto, que teve de ser socorrido ao Hospital São Vicente de Paulo.

A família do autor do homicídio disse à Guarda Municipal que não sabia de qualquer ligação entre ele e a mulher morta.

O delegado Paulo Sérgio Martins, do 4º Distrito Policial de Jundiaí determinou o levantamento dos nomes de testemunhas, para o inquérito policial.

(Texto das 14h45)

  • Ocorrência em andamento