Criança fratura bacia e fêmur em colisão de bike contra moto

Uma criança de 6 anos foi atingida por moto na Estrada Municipal do Varjão, em frente ao número 2.799, no Jardim Novo Horizonte, durante a passagem do Bloco do Rato.

A criança pilotava uma bicicleta.

Segundo testemunhas o motociclista saiu de uma lanchonete em área interditada para tráfego de veículos e ocorreu a colisão entre os dois condutores.

A criança foi socorrida por uma equipe do SAMU ao Hospital São Vicente de Paulo.

Segundo o Hospital a criança fraturou a bacia e o fêmur e não corre riscos.

Uma equipe da Guarda Municipal fez escolta da viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) até o Hospital São Vicente de Paulo, abrindo caminho nas ruas da cidade, para agilizar o atendimento médico.

A Guarda Municipal gravou o momento da colisão e as imagens foram fornecidas à Polícia Civil.

Nota da Prefeitura de Jundiaí

Às 11h37, momentos antes do início do evento do bloco carnavalesco, quando os foliões iniciavam a concentração, o CICCJ registrou um atropelamento envolvendo uma criança de seis anos e um motociclista na avenida Carmine Todaro, no Jardim Novo Horizonte.

A via estava interditada nos dois sentidos para o tráfego de veículos e devidamente sinalizada, para a segurança dos pedestres. O motociclista que, segundo informações obtidas no local, estava em um comércio dentro do perímetro interditado, saiu do estabelecimento e seguiu pela faixa em que não havia foliões, colidindo com a criança que andava de bicicleta.

Ambos foram imediatamente socorridos por Guardas Municipais. O menino foi encaminhado para o Hospital São Vicente de Paulo pela equipe do SAMU, onde passou por exames neurológicos e ortopédicos. Neste momento, às 17h, o estado da criança é considerado estável e foi constatado que ele terá que passar por uma cirurgia no fêmur.

O motociclista foi encaminhado para a UPA do Jardim Novo Horizonte e, posteriormente, levado ao Hospital São Vicente, sem ferimentos graves. Devido ao grande volume de pessoas no local, houve a necessidade escoltá-lo.

 

 

O SAMU agradeceu o apoio dos guardas municipais Cambiaghi e Chiuffa, que foram na frente abrindo caminho e parando o trânsito, para um salvamento mais rápido da criança.

No último dia 19 outra criança de 6 anos foi atropelada por mais uma moto. A mãe chegou a pular na frente para tentar salvar o filho. A criança brincava na frente de casa quando ocorreu o atropelamento.