Alunos de Várzea voltam às aulas em 4 de maio

Os alunos da rede municipal de ensino da cidade de Várzea Paulista voltam às aulas apenas no dia 4 de maio. A decisão ocorreu após reunião do Comitê de Acompanhamento ao Coronavírus. O encontro dos representantes da Saúde, da Gestão da Prefeitura e da Educação ocorreu nesta terça-feira (07).

Segundo o Comitê o momento atual ainda requerer isolamento social, conforme orientação dos órgãos de saúde, para evitar, com mais uma ação de preservação da vida, a proliferação da Covid-19.

A data de reinício das aulas poderá ser novamente adiada, de acordo com as avaliações futuras do Comitê.

A reorganização do calendário escolar atenderá legislação vigente e será realizada em conjunto com o Conselho Municipal de Educação.

A Prefeitura também recomenda que as escolas particulares da cidade façam a mesma prorrogação.

Material de apoio

Em breve, os alunos da Rede Municipal de Ensino poderão contar com atividades à distância e conteúdo impresso:

– PLATAFORMA DE ATIVIDADES PARA OS ESTUDANTES

Desde a suspensão das atividades escolares, a Unidade Gestora Municipal de Educação, a Unidade Gestora Municipal de Planejamento e a empresa responsável pelo sistema de gestão de dados da Prefeitura estão estruturando e elaborando uma plataforma para acesso dos estudantes de Várzea Paulista. O aluno deverá acessar o conteúdo pelo Portal do Cidadão. Haverá atividades para alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos). O acervo de vídeos, jogos, leituras, entre outras atividades, está sendo preparado pela equipe pedagógica da UGME.

Um manual, a ser divulgado nos próximos dias, está sendo elaborado com as devidas orientações para acesso e realização das práticas.

– MATERIAL IMPRESSO

O Governo do Estado de São Paulo e a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais), em parceria, disponibilizaram adesão aos municípios interessados compilado de atividades, sugestões de jogos e leituras desde a Educação Infantil até a EJA. O material, mediante a adesão do município, será impresso pelo Governo do Estado e entregue aos municípios para sua distribuição, que deverá ocorrer de forma organizada e sem aglomeração. Quando a Prefeitura recebê-lo, vai organizar a melhor forma para a distribuição dos exemplares.