Força Tática do 11º Batalhão prende quadrilha por roubos a residências

Policiais militares da Força Tática do 11º Batalhão de Jundiaí prenderam uma quadrilha que vinha praticando furtos e roubos a residências em Jundiaí e Várzea Paulista. Os bandidos utilizavam um carro roubado em Campinas, mas com placas clonadas de outro Corolla da cidade de São Bernardo do Campo.

Em Patrulhamento de Força Tática para levar segurança à população de Jundiaí, a equipe recebeu informação via Controle da Polícia Militar (Copom) de roubo à residência por Várzea Paulista.

Testemunhas anotaram as placas do veículo usado pelos criminosos e informaram que um Corolla fugiu em direção da Rodovia Presidente Tancredo Neves.

Com o auxílio da Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam), os soldados da Força Tática foram em direção da estrada, para fazer um cerco na possível rota de fuga dos bandidos.

Em determinado trecho da rodovia os experientes policiais da Força Tática conseguiram localizar o veículo, um Toyota Corolla, de cor cinza, com três homens dentro.

Ao verem a viatura o motorista acelerou o carro e fugiu.

Houve um breve acompanhamento até que o veículo foi abordado no Km 54.

Os três ocupantes não tinham passagens criminais. Mas no veículo, durante revista, foram encontrados aparelho de TV, joias, celulares, notebook, garrafa de bebida, e a quantia de R$ 47,00  em dinheiro.

Clonagem

Durante a identificação veicular, foram verificados que os dados das placas e chassis guardavam idêntica semelhança com as características do veículo abordado,. Mas, em grande perspicácia dos policiais, eles insistiram na verificação mais detalhada, utilizando um leitor de OBD-2, que faz uma leitura inteligente do veículo, inclusive com o número do chassis. Foi aí que descobriram que o Corolla era clonado.

O carro tinha sido furtado de uma residência na cidade de Campinas, na área do 11º Distrito Policial.

Diante dos fatos o grupo foi preso. Nesse tempo o Copom informou que havia vítima de furto de residência no Jardim Santa Gertrudes e os policiais levaram os produtos apreendidos para que a vítima fizesse reconhecimento. Ela disse que tudo o que estava no Corolla era da casa dela. Inclusive as joias e relógios.

O delegado Florisval Silva Santos do 6º DP de Jundiaí determinou a prisão dos três homens, encaminhando-os para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

As vítimas das duas casas que os assaltantes agiram elogiaram o trabalho dos soldados da Polícia Militar.