Programa Jundiaí Empreendedora inicia atividades

Lançado no dia 25 abril, o programa Jundiaí Empreendedora – uma parceria entre a Prefeitura de Jundiaí e outras 26 organizações -, inicia as atividades de apoio aos empreendedores para enfrentarem a crise causada pelo Novo Coronavírus, nesta segunda-feira (4). As atividades são online ao vivo e oferecidas gratuitamente pelo Sebrae. As turmas são limitadas e as inscrições estão abertas. Para se inscrever basta acessar o link dos assuntos de interesse nesta matéria.

Nesta primeira semana serão oferecidos o encontro sobre ‘Crédito‘, no dia 6, das 15h às 17h, além dos cinco encontros pelo ‘Enfrente‘ (de 4 a 08, das 10h às 12h – para este, as inscrições se encerram às 8h do dia 4). “Além da análise diária do cenário epidemiológico da cidade, a gestão, por meio do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), tem a preocupação em oferecer caminhos para que os setores econômicos tenham capacidade para superar os desafios que a pandemia tem imposto ao mundo. Oferecer conhecimento é o caminho para que empreendedores, de todos os portes, se fortaleçam”, argumenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com o coordenador do Sebrae Jundiaí, Tiago Antunes, os grupos contam com 50 vagas e são direcionados para micro e pequenos empreendedores. “Prioritariamente, as demandas que recebemos são direcionadas para questões relativas ao Crédito e a como inovar no mercado e superar a crise. O Enfrente, por exemplo, detalhará com os temas ‘Inovando nas vendas’, ‘Proteja o caixa da empresa’, ‘Conhecendo o crédito certo para a sua empresa’, ‘Renegociando clientes e fornecedores’ e ‘Entendendo seus direitos’.

A coordenação do programa é feita pelo gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi, explica que a iniciativa cumpre a estratégia mista, modulada e pactuada para equilibrar prioridade à vida com retomada econômica. “O programa é classificado como essencial diante das previsões de retração na economia brasileira em 2020, estimada em torno de 5%, segundo projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. As dificuldades, portanto, serão grandes, e há necessidade de um planejamento local para atravessar este período de recessão”, considera o gestor, que ainda ressalta as metas de manutenção de empregos e empresas, para que o impacto negativo seja mitigado.

 

Mais cursos

Nas próximas semanas serão realizadas novas atividades relativos a temas como “Marketing Digital” (12, das 10h – 12h), “Leis e Normas” (13, das 10h às 12h), “Finanças – Acesso ao Crédito” (14, das 10h às 12h), “Encontro de Negócios Online” (25, das 9h às 11h), entre outros que estão diretamente relacionados com o reforço e apoio à manutenção dos empregos e das empresas.

O “Empreenda Rápido” – também exclusivamente online -, será realizado de 25 a 29 de maio, diariamente, das 14h às 16h, com apresentação de temas fundamentais para aqueles que estejam interessados em iniciar um negócio, como empreendedorismo, marketing, formalização, modelagem de negócios e acesso ao crédito.