Polícia acaba com o golpe do “par perfeito”

A Polícia Civil da Capital acabou com o golpe do “par perfeito”. Por meio de um aplicativo homens se passavam por mulheres, combinavam encontros e davam o famoso “boa noite Cinderela” na vítima, ficando com a carteira e cartões de crédito.
A Polícia Civil, por meio do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), prendeu dois homens por envolvimento em golpes do boa noite Cinderela. As prisões aconteceram nesta durante a operação “Par Perfeito”, deflagrada na Capital.
Os trabalhos em campo foram deflagrados pela Divisão de Capturas do Departamento, após trabalho investigativo e de inteligência que permitiu descobrir uma organização criminosa que se utilizava de aplicativos de relacionamentos para atrair vítimas e aplicar o golpe.
Na ação, os suspeitos subtraíam pertencentes, realizavam saques bancários e utilizavam o cartão de crédito da vítima e depois a deixava em via pública.
Diante das informações colhidas, foram solicitados mandados de prisão e de busca e apreensão à Justiça, que acatou. Ontem, nove ordens judiciais foram cumpridas, resultando na prisão do responsável por atrair as vítimas usando os aplicativos e da pessoa que obtinhas as máquinas para passar os cartões. Outros dois suspeitos, taxistas, estão sendo procurados por ajudar nos crimes.
Além das prisões, foram apreendidos relógios, documentos e cartões de créditos em nome de terceiros, bem como medicamentos para dormir e roupas descritas pelas vítimas.