Prefeitura faz destruição de 20 mil DVDs piratas

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Fiscalização do Comércio, enviou nesta segunda (29) cerca de 20 mil CDs e DVDs – totalizando 420 kg – para serem destruídos no Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Geresol). O volume corresponde a apreensões de produtos sem licença para venda, em ações nas praças e locais públicos, que ocorreram nos anos de 2017, 2018 e 2019.

Volume corresponde a apreensões de produtos sem licença para venda nos últimos três anos

 

Segundo a chefe da Divisão de Fiscalização do Comércio da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), Cristina da Fonseca, o número de apreensões vem diminuindo nos últimos tempos, razão pela qual a divisão optou por acumular uma quantidade maior até enviar os produtos para serem incinerados. “A Fiscalização do Comércio realiza a apreensão por falta de licença, e não há devolução do material”, explica.