Polícia Civil detém comerciantes por venda de linhas com cerol

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí foram para vários bairros do município e também de Várzea Paulista, nesta terça-feira (01), para cumprir ordem de buscas, apreensões e detenções de comerciantes que fazem venda de linhas com cerol.

Os investigadores já detiveram vários comerciantes, que estão prestando depoimento na Delegacia do bairro do Anhangabaú e tiveram as mercadorias apreendidas. Eles vão responder processo.

Segundo um dos policiais, há muitas denúncias da população do uso indevido das linhas cortantes. Na semana passada uma criança sofreu cortes profundos depois que um grupo que empinava pipa deixou cair a linha em uma calçada do condomínio Cidade Jardim. A criança teve de dar pontos. A Guarda Municipal chegou a fazer apreensões.

A equipe da Delegacia pede para a população denunciar os comerciantes que vendem linhas cortantes pelo telefone 181.

Anúncios