DIG esclarece latrocínio e prende um dos assassinos

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí não descansaram, até descobrir quem participou de um latrocínio no bairro do Aeroporto, em Jundiaí, na noite do dia 2 de março deste ano. Um dos marginais foi preso nesta tarde no Jardim Guanabara. Ele tem 24 anos e várias passagens criminais.

No dia 2 um empresário estava chegando em seu estabelecimento quando foi rendido por uma dupla em moto, que atirou contra o carro da vítima. Apesar de ter sido socorrido ao Hospital Pitangueiras, o empresário de 65 anos não resistiu e faleceu. Os ladrões levaram a quantia de R$ 600,00 em dinheiro.

O delegado Carlos Eduardo, da DIG, e o chefe dos investigadores Márcio, reuniram as equipes de policiais especializados com Gigio, Vanessa e Mário, mais Tafarelo e Roberto, para definir estratégias de localização dos criminosos.

Após intensos trabalhos e conversas com pessoas da região, eles chegaram até um nome e quando foram na casa do suspeito, com apoio da Guarda Municipal sob o comando do inspetor Vanderlei, o indivíduo percebeu que estava atrás dele e passou a fugir pulando em várias casas.

Ele só parou quando quebrou o pé e foi preso. Agora responderá pelo crime de latrocínio.

Os policiais também estão atrás do piloto da moto, com base nas informações que receberam.

 

Anúncios