UBS Central vai para prédio próprio na rua Barão

Em reunião com antigos e novos conselheiros da Unidade Básica de Saúde (UBS) Central, foi assinada, nesta segunda-feira (10), a formalização da sessão do imóvel localizado na rua Barão de Jundiaí, número 1234, para a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS). Com isso, a UBS Central, instalada na avenida Henrique Andres desde 2013, passará para um prédio próprio, atendendo a uma demanda antiga dos usuários do local.

O imóvel, segundo consta na matrícula teve desapropriação em janeiro de 1973 para a instalação de órgão do Judiciário Trabalhista local. Após a desativação do serviço no endereço, o Poder Judiciário Estadual adiantou-se em protocolar pedido de cessão, visando a instalação de serviços relativos ao atendimento da população. Em 2018, o Conselho da UBS Central também formulou pedido.

De acordo com a Prefeitura, em julho de 2019, a comissão composta por representantes do Conselho de Saúde e de membros da associação de moradores da região central apresentou a solicitação para a mudança do serviço de saúde. O pedido foi acolhido, entendendo a importância de ofertar um novo espaço e mais adequado, em prédio próprio, tanto para a comunidade como para os profissionais que atuam no serviço. A partir daí, teve início a tramitação administrativa para trazer o prédio de volta para o município.

A notícia foi recebida com emoção pelos atuais e ex-conselheiros da UBS e pela equipe de trabalho. “Estou muito feliz e emocionado. Começamos a batalhar por melhorias há 12 anos. Fizemos abaixo-assinado, conversamos, lutamos. Agora, teremos um local ideal, com fácil acesso e próximo de outros serviços como o Hospital Regional e o AME”, comemorou o ex-conselheiro Jaime Sant’Anna Pinto.

“A Prefeitura fez o que foi possível no atual prédio locado, mas era necessário um novo local. Só temos a agradecer”, acrescentou o atual conselheiro, Luziano Francisco de Souza.

Próximos passos
Inicialmente, a UGPS fará o projeto para a adequação do imóvel e na sequência abrirá o processo de licitação para a contratação de empresa para a realização das obras. Recurso na ordem de R$ 1,2 milhão está destinado no Orçamento de 2021 para a obra.

“O espaço terá o conceito de Nova UBS. Além do que já é ofertado, terá a ampliação da estrutura física, com mais consultórios e salas para procedimento, e contará também com os programas ‘Posso Ajudar’ e ‘Guardião da Saúde’, para a humanização e qualificação do atendimento prestado”, adianta o gestor de Promoção da Saúde, Tiago Texera.

Atualmente, em torno de 10 mil usuários são atendidos na UBS Central.