Jundiaiense cai em golpe do leilão na internet

As vítimas de golpes de leilões falsos na Internet estão aumentando na região. Só nessa semana a Polícia Civil recebeu duas queixas de moradores de Jundiaí. Um morador da cidade pagou por três carros a quantia de R$ 100 mil e depois descobriu que o dinheiro foi parar nas mãos de estelionatários. Um outro comprador de carro deu a quantia de R$ 40 mil e agora o site foi desativado e não consegue falar com ninguém.

Segundo a Polícia Civil toda semana há alguma vítima. O agente Valdemir de Moraes, o Xororó do 1º Distrito Policial, orienta quem pretende fazer compras pela Internet para que peça para ver o veículo antes. Se informe se o site existe há muito tempo e se há referências. Ele também orienta a não passar os dados pessoas aos golpistas. Clientes que acreditavam que estavam comprando carros também forneceram aos estelionatários seus endereços, RG e CPF, que podem ser utilizados para outros delitos.

Para saber se um site de leilões é tradicional, você pode digitar o endereço no Registro de sites. Clique aqui para ver o site de consultas. 

Uma empresa de segurança na internet estima que quase mil páginas falsas de leilões foram criadas entre junho e julho deste ano, segundo que mais de 52 mil pessoas deram dinheiro para golpistas, fazendo transferências para “garantir” um carro por leilão.

Outro golpe que tem sido comum é de leilão da Receita Federal, com páginas falsas inclusive logotipo e fotos da Receita Federal. Normalmente os veículos aparecem com preços pela metade.