Nova ação educativa começa no Terminal Vila Arens

Teve início nesta segunda-feira (5) uma nova etapa do “Ação Saúde nos Terminais”, desenvolvido pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), da Prefeitura de Jundiaí, com objetivo de orientar a população sobre os cuidados para a prevenção da COVID-19, além de distribuir máscaras de tecido e aferir temperatura e oxigenação dos usuários do transporte público interessados.

As pessoas identificadas com sintomas suspeitos da doença sairão com encaminhamento para atendimento no serviço de saúde específico mais próximo. A atividade será desenvolvida pelos técnicos da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) entre os dias 5 e 14 de outubro, de forma rotativa, das 7h às 10h, em todos os sete terminais de ônibus de Jundiaí.

Curada da COVID-19, a desempregada Sara Ferreira aprovou a ação de conscientização promovida pela Prefeitura. “As pessoas têm que continuar a se prevenir. Vejo muita gente sem máscara, relaxando nos cuidados, o que não pode acontecer. A pandemia ainda está presente, apesar de ter caído o número de mortes e de infectados”, disse Sara.

Ela ficou cerca de 30 dias de quarentena. Teve que ficar algumas horas a um respirador e ainda sente os efeitos da doença. “Tive problemas no rim e sinto dores musculares até hoje, além de dificuldade para sentir o cheiro e o gosto da comida”, emendou a desempregada.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da UGPS, Fauzia Abou Abbas Raiza, a iniciativa é preventiva. “Os terminais são locais de grande fluxo de pessoas e, por isso, é necessário que todos se atentem às orientações com os cuidados básicos e os sintomas. A pandemia continua e, se o indivíduo tiver qualquer alteração, será encaminhado para atendimento”, comentou. “Não podemos permitir que uma segunda onda da COVID-19 atinja Jundiaí”, finalizou Fauzia.

Os próximos locais que receberão o “Ação Saúde nos Terminais” serão: Terminal Eloy Chaves (dia 6 de outubro), Central (7/10), Colônia (8/10), CECAP (9/10), Hortolândia (13/10) e Rami (14/10).

Durante a primeira semana da iniciativa, no início de agosto, foram abordados quatro mil usuários com as mesmas orientações e procedimentos.

Os sete terminais de ônibus de Jundiaí possuem dispositivos de álcool em gel para que os usuários possam desinfectar as mãos antes e depois de utilizar os coletivos, além de balizadores de fila para ajudar no distanciamento das pessoas. A limpeza dos ônibus está sendo intensificada. “Oferecemos ainda a facilidade do uso do Bilhete Único como forma de pagamento da passagem, reduzindo a manipulação de cédulas”, finalizou Silvestre Ribeiro, gestor da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) de Jundiaí.