Prefeitura multa empresa que fez projetos das UPAs

A Imprensa Oficial do Município de Jundiaí trouxe em sua edição de número 4805 dois editais de Penalidade contra o escritório Ferrari & Ferrari Arquitetura. O motivo é a falha na elaboração dos projetos de construção das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Progresso e da Ponte São João.

Os editais explicam que uma outra empresa teve de ser contratada e apresentou laudos mostrando falha no projeto de lajes, para sustentação de toda a estrutura necessária para funcionamento dos equipamentos.

Alguns políticos chegaram a contestar há alguns anos a paralisação dessas obras, alegando que tinham sido realizadas de acordo. Porém, a empresa MPT Engenharia,  especializada em avaliação técnica e recuperação estrutural, afirma que houve “subdimensionamento de cargas das lajes e outras falhas em peças estruturais, inviabilizando as obras”.

A Prefeitura esclarece no Edital que os responsáveis pela empresa Ferrari & Ferrari não foram localizados, para as medidas necessárias.

Somadas, as multas dão pouco mais de R$ 22 mil e a proibição de participação em concorrências públicas.

O Ministério Público de Jundiaí chegou a questionar a Administração Municipal sobre a paralisação das obras.