Juíza cancela multa de R$ 5 mil por hora ao PSL

A Justiça Eleitoral de Jundiaí julgou improcedente pedido do prefeito Luiz Fernando Machado, contra vídeo do candidato Marcus Dantas, do PSL, sobre a “Lava-Jato”.

O PSDB informou que vai recorrer da decisão em instância superior.

Inicialmente a juíza da cidade, Valeria Ferioli Lagrasta, havia estipulado multa de R$ 5 mil por hora de veiculação de vídeo em que o PSL pedia uma operação “Lava-Jato” em Jundiaí.

O candidato Marcus Dantas disse que continuará defendendo a Lava-Jato.