Mensagem sobre “Abono emergencial de Natal” é fake

Vários leitores do “Jornal da Região” enviaram mensagens perguntando sobre a veracidade de um suposto auxílio do governo federal, nomeado de
“abono emergencial de Natal” no valor de R$ 800.

O Ministério da Cidadania emitiu nota apontando ser falsa a mensagem.

“A informação é falsa. Tanto na Lei nº 13.982/2020, que instituiu o auxílio emergencial de R$ 600, quando na Medida Provisória nº 1.000/2020, que atribuiu o valor de R$ 300 ao auxílio emergencial, não há qualquer menção a abonos de Natal”, diz nota do ministério, referindo-se ao valor inicial do benefício, pago a pessoas em estado de vulnerabilidade social por conta da pandemia da Covid-19, e o atual.

A mensagem falsa diz: “Já está disponível o cadastramento para o abono emergencial de Natal no valor de R$800 por CPF. Cadastramento válido para: beneficiários do auxílio emergencial, Bolsa Família e pensionistas. Cadastramento liberado até o dia 26/10/2020”. Ao fim, aparece um link para o suposto cadastro onde seria necessário inserir dados pessoais, que podem ser utilizados de forma indesejada, deixando o cidadão vulnerável a golpes.

O Ministério da Cidadania fez um alerta: “É importante esclarecer que o período de solicitação para receber o auxílio emergencial foi encerrado no dia 2/7/2020. Não há mais como se inscrever para receber o benefício do Auxílio Emergencial do governo federal”.