Mulheres são presas em dia de “fúria”

Duas mulheres receberam voz de prisão por “dia de fúria” e comportamento inadequado, em cidades diferentes na região de Jundiaí.

A primeira delas foi presa em Campo Limpo Paulista, depois de ofender e tentar agredir enfermeiras do Hospital da Cidade. A mulher ainda quebrou vidraças e proferiu palavrões contra funcionárias.

A Polícia Militar foi chamada e a mulher conduzida para a Delegacia de Polícia Civil.

O outro caso foi na cidade de Cabreúva. Duas mulheres se envolveram em acidente de trânsito e uma delas resolveu partir para cima da outra, causando-lhe ferimentos.

A agressora também foi presa pela Polícia e apresentada na Delegacia de Polícia Civil.