Conheça a história da Coopercica de Jundiaí

O empresário Orlando Bueno Marciano, 70 anos, presidente da Coopercica, é o entrevistado do novo vídeo do projeto Jundiaí Tem História – Valorizando o Comércio, da Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí.

Em entrevista ele conta a história da Coopercica, fundada por funcionários da Companhia Industrial de Conserva Alimentícia, popularmente conhecida como Cica, em 14 de abril de 1969.

Segundo ele, um grupo de funcionários da empresa decidiu montar a cooperativa para colocar fim à dificuldade de aquisição de alimentos.  “Na época só tinham armazéns de secos e molhados e o preço não era nada bom”, afirma.

A fundação da Cooperativa teve apoio da diretoria da Cica, que cedeu um espaço de 250 metros quadrados no pátio da empresa para o recebimento da mercadoria que chegava de São Paulo. “Os diretores também bancaram as primeiras compras. A Cica foi uma ‘mãe’ para todos, foi uma empresa maravilhosa. Naquela época todo mundo que morava em Jundiaí ou trabalhava na Cica ou sonhava em trabalhar lá.”

A cooperativa funcionou no espaço da Companhia até 1978, quando foi inaugurada a sede da loja 1, na rua João Ferrara, endereço bem próximo ao terreno da fábrica.

Com o aumento da concorrência e a inauguração de outros supermercados na cidade, a diretoria da Coopercica entendeu que precisava vender para novos cooperados, e não apenas para funcionários da Cica, e iniciou a expansão e a alteração na gestão. A nova fase coincidiu com a chegada de Orlando Marciano, em 1990, que aplicou na cooperativa todo o conhecimento adquirido como funcionário da Cica.

Segundo ele conta, quando começou a trabalhar na cooperativa a loja era bem menor e possuía 90 funcionários. Hoje a rede possui sete lojas (cinco em Jundiaí, uma em Várzea Paulista e outra em Campo Limpo), 1,1 mil funcionários e 179 mil cooperados.

Como homenagem ao trabalho desenvolvido na Coopercica, durante a gravação do vídeo do Jundiaí Tem História, o presidente da ACE Jundiaí Mark William Ormenese Monteiro entregou a Orlando um troféu personalizado.

O vídeo com a entrevista completa pode ser conferido a seguir:

 

No canal da ACE no Youtube também é possível assistir outras entrevistas do projeto, realizadas com Wilson Macieira, Edson Luchini e Silvio Gebram.