O drama para salvar a vida de Brenda

A jovem Brenda Gabriella de Andrade, de 16 anos, foi vítima de atropelamento próximo de sua casa, às 18 horas do sábado (09), em Francisco Morato.

Ela foi socorrida ao hospital do Iacaz e a família não conseguia transferência para unidade hospitalar especializada em traumas, porque dependia de uma posição da central de regulação de vagas.

A mãe, Cláudia, tentou o Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, que é referência. Mas foi informada de que não é permitido pela agência reguladora de internações, porque Morato não faz parte do Aglomerado Urbano de Jundiaí.

Cláudia ficou desesperada e pedia ajuda de quem tivesse acesso à Secretaria de Saúde do Estado.

Na manhã deste domingo é que saiu a autorização de transferência para Franco da Rocha.

Brenda está sem consciência e com suspeita de trauma encefálico após atropelamento.

Populares gravaram um vídeo para mostrar como anda a situação da Saúde pública de Francisco Morato. Não havia enfermeiros na ambulância e dois motoristas tiveram de prestar os primeiros socorros.

Familiares informaram que os motoristas não são culpados, mas o Poder Público, que precisa adotar medidas para salvar vidas.