Prefeitura finaliza obras às margens do Rio Jundiaí

A Prefeitura de Jundiaí, através da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP), iniciou no ano passado, um trabalho de obras de desassoreamento (remoção de areia, lodo, pedras e outros sedimentos) manutenção, proteção e contenção das margens dos rios Jundiaí e Guapeva, além do Córrego do Mato. O trabalho foi feito de forma preventiva para evitar enchentes e transtornos à população nesta época de chuvas de verão.

“As obras de infraestrutura englobam as melhorias viárias, dos espaços públicos e também a boa manutenção às calhas d´água dos rios e córregos da cidade. As ações garantem a qualidade ao meio ambiente urbano, já que evita processos de erosão, e segurança aos usuários do trecho. A gestão preza pela qualidade na entrega e nos serviços aos jundiaienses”, explica o prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com o diretor da UGISP, Carlos Alberto de Souza, as obras foram realizadas ao longo dos meses, com o objetivo de recuperar toda a margem dos rios e evitar transtornos para a população. “Nós trabalhamos para cessar todo o processo erosivo e manter a segurança das vias próximas, melhorando a vazão e escoamento das águas pluviais. Os trabalhos já rendem frutos, pois com as intervenções aliadas aos trabalhos de desassoreamento de córregos, limpeza e hidro jateamento de galerias, desobstrução de bocas de lobo e captadores de água, não foram registrados problemas em decorrência das chuvas bacias dos rios e córregos que receberam as melhorias”, detalha.

Ainda de acordo com o diretor, outros 40 metros de placas de concreto, sob a ponte entre a Av. Frederico Ozanan e a Av. Nove de Julho, estão em processo para realização. O investimento para as recuperações já realizadas foi de R$ 1,2 mi.

Perímetros Executados

Na Avenida 14 de Dezembro, foi feita a recuperação de 210 metros das margens do Rio Guapeva com colchão ‘reno’. A obra de contenção no trecho da Rua Prudente de Moraes, nas proximidades do Hospital Paulo Sacramento, onde foi refeita também, a cabeceira da ponte sobre o rio.

Também foram finalizadas as melhorias nas margens do Rio Jundiaí, na Vila Nambi, perto do prédio da CPFL, e nas proximidades do Roldão; na foz do Córrego do Mato e na margem direita e no fundo do mesmo córrego, com recuperação de placas de concreto no trecho da Avenida Jundiaí e no acesso à Rua do Retiro.