Guarda de Itatiba captura procurado da Justiça

Guardas municipais de Itatiba faziam patrulhamento pelo Núcleo Residencial João Maggi, quando abordaram um homem.

Ao pedirem informações sobre documentos, deu informações falsas. Com a insistência da equipe passou seus dados e constava ordem de captura, por  pratica de cinco furtos e um tráfico.

As penas somadas chegam a mais de cinco anos de cadeia.

O abordado foi recolhido à Cadeia de Campo Limpo Paulista.

Trabalharam na ocorrência os guardas do Grupo de Apoio Preventivo (GAP), com C. Borges, J.Souza, Gonçalves, Zarantonelo e Jeferson.