DIG prende comerciantes de Itatiba e Cabreúva

Depois de realizar operação para combater furto de energia elétrica, os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) saíram para as ruas para “visitar” comerciantes que revendem sucatas. Em Itatiba e Cabreúva foram presos os donos de ferros velhos, porque eles receberam de ladrões cabos telefônicos da operadora Vivo.

De acordo com a Polícia Civil, várias viaturas saíram do prédio no bairro do Anhangabaú na manhã desta quarta-feira (10) com destinos aos depósitos de sucatas de vários municípios da região.

Em Itatiba e Cabreúva houve prisões dos donos dos estabelecimentos.

Técnicos da Vivo conseguiram reconhecer os materiais furtados das redes da companhia, mesmo aqueles que foram derretidos, pela origem do material.

Em Itatiba foram 116 quilos de cobre em um único depósito de sucata.

O comerciante foi conduzido ao Plantão da DIG de Jundiaí e agora vai responder processo criminal.

Os técnicos da Vivo relataram que são muitos os clientes prejudicados por esses furtos e a operação da Polícia Civil é excelente para combater principalmente os recceptadores.