Pai é preso por estuprar a própria filha

A Polícia da região de Jundiaí vai apurar várias denúncias de abusos sexuais. Duas delas ocorreram neste domingo (14). A primeira é de um pai, de 45 anos, que estuprou a filha de 20 anos, na cidade de Itupeva. O segundo caso é de uma jovem de 19 anos em Cabreúva que foi abusada por amigo de 26, em uma festa, quando ficou bêbada. Caso semelhante já havia ocorrido em outra festa na cidade de Jarinu, no último final de semana.

No primeiro caso a Polícia Civil decretou a prisão do pai logo após a Guarda Municipal de Itupeva localizar o autor do crime.

Por volta das 7 horas deste domingo (14) o controle da Guarda Civil Municipal (GCM) de Itupeva recebeu solicitação dando conta que havia ocorrido um estupro.

Imediatamente a Guarda foi ao local para atender a ocorrência.

A vítima, de 20 anos de idade, era socorrida pelo carro de resgate do Corpo de Bombeiros, tendo prontamente os guardas sido informados sobre os fatos, em que a vítima afirmou que teria sofrido violência sexual, causada pelo seu genitor.

Uma testemunha ajudou os guardas indicando onde o homem estava e ele recebeu voz de prisão em flagrante, sendo recolhido pela corporação até a Delegacia, com as mesmas roupas que teria utilizado durante a consumação do crime.

Todas as partes foram conduzidas até Plantão da Delegacia de Polícia Civil de Itupeva, onde o delegado ratificou a voz de prisão em desfavor do mesmo pela prática do crime de estupro.

Ao término da ocorrência, o pai da jovem foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Já, a vítima recebeu atendimento no Hospital Municipal Nossa Senhora Aparecida.

Participaram da ocorrência o GCM Marcos, o controlador Pedral, as MTR’s conduzidas pelos GCM’s Guimarães e Fontana, coordenados pelo GCM Latorre.

Cabreúva

Neste domingo (14), durante uma festa na cidade de Cabreúva uma jovem de 19 anos ficou bêbada e foi se deitar. Um amigo se aproveitou dela enquanto estava passando mal. O caso foi registrado na Delegacia da cidade e será apurado pela Polícia Civil.

No último final de semana, em uma chácara em Jarinu, outra jovem ficou bêbada em uma festa e um amigo se aproveitou dela na cama, com o caso sendo denunciado à Polícia como “estupro de vulnerável”.