Motorista na contramão, que causou morte de Liliana, deixou outra vítima ferida

O acidente da madrugada deste domingo (11) na Rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, em frente da antiga Takata, no Eloy Chaves, em Jundiaí, na pista sentido Cabreúva, teve mais uma vítima. O jovem Nathan Ferrari enviou vídeo gravado logo após o acidente em que o Palio bateu em uma moto, explodiu e pegou fogo.

Nathan relatou ao “Jornal da Região” que está com várias lesões pelo corpo e sua moto “ficou acabada”.

Ele disse que estava atrás da moto da “moça que morreu no acidente” e viu tudo.

Como foi

O motorista Leandro Mota Santos, de 35 anos, dirigia o Palio, placas CRG 3F44 no sentido de Jundiaí, mas na contramão de direção, na pista de quem vai para Itupeva e Cabreúva.

Ele bateu de frente o seu carro contra a moto HONDA/CG 125I FAN, pilotada por Liliana de Campos Patrignani, de 30 anos, que retornava da casa da mãe para a sua residência, no Jardim Santa Giovanna, no sentido correto da rodovia Dom Gabriel, na segunda faixa.

Após o acidente, Leandro deixou o local e não foi mais visto.

As equipes de salvamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da concessionária Rodovias das Colinas constataram que Liliana estava morta.

O fogo no carro foi extinto por soldados do Corpo de Bombeiros que foram com um caminhão auto tanque.

Quando a perícia da Polícia Científica realizava o trabalh0 de documentação de tudo o que tinha acontecido, chegou a informação de um funcionário de empresa que havia um homem morto, com queimaduras pelo corpo, no pátio da indústria.

Os policiais foram até lá e confirmaram que era Leandro.

Os corpos dos dois foram encaminhados para necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí.

A delegada do Plantão Policial, doutora Rúbia Braz Scarpa Fleming, determinou a coleta de material para confirmar o consumo de bebida alcóolica por parte do motorista Leandro e do toxicológico.

O caso será encaminhado nesta segunda-feira (12) para o 5º Distrito Policial do bairro do Eloy Chaves.

A partir desta segunda-feira (12) entra em vigor nova regulamentação para pessoas alcoolizadas que se envolverem em acidentes de trânsito. Elas não poderão mais trocar as penas por cestas básicas e os delegados não poderão mais fazer liberação, devendo recolher os infratores para a Cadeia, para aguardarem decisão da Justiça.