Inclusão de dados no VacinaJá facilita registro das doses

A vacinação em Jundiaí alcança, nesta segunda-feira (12), até 16h, mais de 69 mil doses aplicadas (entre primeira e segunda doses) e, as informações constam no banco de dados estadual sobre a aplicação. Exatamente por isso, é essencial que a população faça o cadastro no site VacinaJá do Governo do Estado de São Paulo antes da recepção da dose, em um dos postos oferecidos pela Prefeitura de Jundiaí.

Nesta semana, os postos montados em Complexos Esportivos, Paróquia Santo Antonio e no Parque da Uva, atenderão aos públicos prioritários formados por educadores com mais de 47 anos, idosos com 67 anos ou mais (ambos em primeira dose) e a segunda dose para os idosos com 72+ que receberam a primeira aplicação até o dia 25 de março. “Jundiaí estabeleceu o sistema de agendamento para facilitar a oferta da dose e evitar filas de espera pela população. O sistema tem garantido bons resultados, mas para que o modelo de atendimento seja de extrema eficiência, o usuário deve fazer o cadastro dos dados também no site do Estado. É necessário, pois agiliza o lançamento do dado no banco de dados”, argumenta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

O sistema estadual, inclusive, passa a disponibilizar um número de Whatsapp para o cadastro das informações pelo próprio aplicativo (95220-2923). “A inserção das informações é rápida. São processos que se complementam. O agendamento pelos canais da Prefeitura de Jundiaí (site e APP Jundiaí) e pelo VacinaJá, do Estado”, detalha.

Vacinação

Neli Maria Leoni Pereira, está aliviada por ter tomado a primeira dose de vacina pelo grupo 67+, na Paróquia Santo Antonio, no Anhangabaú, na tarde desta segunda-feira. “Estou muito satisfeita e feliz. A equipe é muito atenciosa e carinhosa”, comenta.

O calendário de aplicações e demais informações sobre a vacinação contra a COVID-19 podem ser obtidas no Painel de Monitoramento COVID-19, no site da Prefeitura de Jundiaí.