Audiência vai permitir à população dar sugestões para a Cidade do Futuro

A Prefeitura de Jundiaí promove no dia 29 de abril uma audiência pública para receber sugestões da sociedade para construir um novo “Ecossistema de Inovação”. A Prefeitura quer criar um ‘plano diretor’ para se tornar em cidade inteligente e conectada. O de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi, disse durante a apresentação do Plano de Mobilidade, que a cidade vai dobrar o número de câmeras de monitoramento e haverá integração da Segurança Pública com o Trânsito.

O Governo Municipal quer a participação da sociedade na elaboração desse Projeto de Lei de Inovação, com todas as diretrizes para que o município se torne uma das cidades mais conectadas do País.

Segundo a Prefeitura, o projeto vai permitir investimentos em tecnologias atraindo mais empresas internacionais e nacionais de ponta, ampliando a oportunidade de empregos de qualidade e para os jovens talentos, principais pontos de atuação da gestão para o município, com a internacionalização de Jundiaí e a ampliação do conceito ‘Smart Cities’.

Lei 

Para dar início aos trabalhos, a Prefeitura vai atualizar a legislação municipal criada em 2013. Portanto, anterior ao atual Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei Federal nº 13.243/2016) e as regulamentações instituídas pelo Decreto nº 9.283/2018, entre outras normas editadas pelo Governo Federal.

O Projeto de Lei também irá criar uma agenda de desenvolvimento, para a execução de programa de apoio e estímulo a startups e empresas com espírito inovador; projetos e pesquisas acadêmicas para aumentar a produtividade por intermédio da ciência e da tecnologia; modernizar a gestão municipal, além de criar espaços públicos destinados ao empreendedorismo de base tecnológica. As iniciativas irão dinamizar a política de desenvolvimento do município.

Audiência Pública

A Prefeitura de Jundiaí promove, no dia 29 de abril, a audiência pública para receber as sugestões da sociedade e construir um projeto forte e sólido do novo ‘Ecossistema de Inovação’.

Nesta sexta-feira (16), a Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia se reúne com Conselho de Ciência e Tecnologia para apresentar a proposta e o cronograma de trabalho.

A moderna legislação municipal é o primeiro passo em direção ao futuro. “A nova Lei de Inovação está diretamente ligada ao propósito de tornar Jundiaí uma cidade do futuro baseada no tripé de sustentabilidade econômica, social e digital”, ressalta o prefeito Luiz Fernando Machado.

“O momento atual exige tecnologia e já estamos trabalhando para tornar Jundiaí em referência. Certamente, a nova lei contribuirá para os esforços da Prefeitura de transformar Jundiaí em uma cidade inteligente, criando um Ecossistema de Inovação”, detalha Luiz Fernando.

O gestor de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi afirmou que a nova lei comprova o compromisso da gestão em estimular ideias inovadoras. “Ter uma legislação municipal moderna é o primeiro passo para ancorar a construção deste futuro. É um compromisso da gestão do prefeito Luiz Fernando Machado gerar emprego e renda, e, buscamos inserir a inovação no dia a dia da sociedade, qualificando o sistema público acessado pela população. Queremos Jundiaí como um novo polo de inovação e desenvolvimento tecnológico”, pontuou.

O gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes, explica que o intuito é ampliar as possibilidades de apoio e atuação do município para permitir mais investimentos e criar ações e programas de apoio e fomento para o setor, com ampla participação da comunidade.

“Vamos construir uma cultura inovadora e empreendedora, articulando ações para ativar o Ecossistema de Inovação e viabilizar negócios inovadores com alto potencial de crescimento para transformar a economia de Jundiaí e da região”, conclui.