JUNDIAÍ

CAPs atende 350 pessoas por mês

A Prefeitura de Jundiaí conta com toda a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) implementada para o atendimento da população. Entre os serviços que compõem a rede, estão quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), sendo dois para adultos (CAPS II e CAPS III), um infanto-juvenil (CAPS IJ), e a unidade dedicada às pessoas que fazem uso de álcool e drogas (CAPS AD III). Com projetos terapêuticos específicos para cada usuário, o CAPS AD III conta com 350 pessoas atendidas em média, por mês.

Contando com equipe multidisciplinar, o CAPS AD III funciona 24 horas por dia, atendendo a possíveis agravamentos dos quadros de saúde mental. “Os CAPS atendem pessoas com transtornos mentais severos e persistentes, que necessitam de cuidados intensivos para a reabilitação psicossocial. O processo de reabilitação psicossocial envolve pensar no desenvolvimento do indivíduo em diversos aspectos de sua vida: familiar, relacionamentos interpessoais, interação com a comunidade, trabalho, cuidados com a saúde, acesso a direitos sociais. No CAPS AD, a atuação tem o objetivo de resgatar a qualidade de vida da pessoa”, segundo Adriana Carvalho Pinto, Assessora da Coordenação de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas.

A média de atendimentos no CAPS AD III é de 350 pessoas por mês, com cuidado singularizado objetivando a retomada da qualidade de vida do indivíduo. O serviço trabalha de forma articulada com o Consultório na Rua e com as Unidades de Acolhimento (equipamentos que também compõem a RAPS) – acolhendo, avaliando as necessidades em saúde e orientando aqueles que buscam por tratamento e uma mudança na relação com o uso de substâncias.

Ainda de acordo com ã assessora de coordenação, o perfil dos atendidos é majoritariamente masculino, na faixa etária dos 20 aos 50 anos, e que fazem uso de múltiplas substâncias psicoativas. No período de pandemia, não houve mudanças significativas no perfil epidemiológico dos usuários, nem na média de pessoas atendidas por mês, que chega a 350 pacientes, em média.