Bolsonaro convoca rede de rádio e TV

RICARDO DELLA COLETTA E MATEUS VARGAS

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) convocou a rede nacional de rádio e televisão para um pronunciamento na noite desta quarta-feira (2).

A fala do mandatário terá duração aproximada de cinco minutos e será veiculada às 20h30. O tema não foi informado.

O pronunciamento ocorre em meio ao desgaste do governo causado pela CPI da Covid no Senado e poucos dias depois de protestos de rua contra Bolsonaro.

Os governistas são minoria na composição da CPI. Os principais focos da investigação do colegiado são a demora nas negociações de vacinas, a defesa por Bolsonaro de remédios sem eficácia comprovada para a Covid e a formação de uma gabinete de aconselhamento paralelo sobre temas da pandemia.
Sobre as vacinas, o governo tem tentado reduzir a pressão política divulgando dados sobre a distribuição de imunizantes.

Nesta quarta, o Ministério da Saúde afirmou que o país ultrapassou a marca de 100 milhões de doses distribuídas. ​

Em outro flanco de desgaste para o Planalto, milhares de manifestantes em várias cidades do país realizaram protestos contra Bolsonaro no último sábado (29). Houve atos em todas as 27 capitais brasileiras, com grandes concentrações em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em declarações nesta semana, Bolsonaro minimizou os movimentos de rua.

O governo, por outro lado, celebrou nesta semana o avanço de 1,2% do PIB no primeiro trimestre, anunciado nesta terça (1º).

“Lógico que ninguém está falando que vai crescer 6%, mas a previsão aí é no mínimo 4%, que já é um número bastante grande levando-se em conta o uso político por causa da pandemia por parte de alguns”, afirmou Bolsonaro.