Lojistas devem apostar em promoções e parcerias para o Dia dos Namorados

Considerada a terceira melhor data do ano para as vendas no varejo, o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, ajudará no equilíbrio do balanço semestral do varejo, avalia o Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL). Para isso, as entidades representativas do comércio acreditam que os lojistas devem apostar em promoções e parcerias para estimular as vendas na data.

“Os comerciantes devem apostar promoções, fazer parcerias de negócios, montar kits de produtos, oferecer facilidades no pagamento e redobrar a atenção com as medidas de segurança sanitária. Além do comércio, os setores gastronômicos e de turismo também devem se beneficiar com a data com oferta de refeições especiais para os casais e pacotes para o final de semana”, avalia Edison Maltoni, presidente do Sincomercio e da CDL.

Expectativa

Em relação ao ano de 2020, as vendas do Dia dos Namorados devem ser superiores e o foco das vendas serão o comércio de rua, shopping e e-commerce. Entre os produtos com maior procura, Maltoni elenca as roupas, sapatos e acessórios; perfumes e cosméticos; eletrônicos; chocolates e flores. Ele avalia que os empreendedores devem buscar alternativas para manter a liquidez e o fluxo de caixa, com rigor para evitar endividamento e excesso.

Para isso, recomenda-se fazer um levantamento de estoque, diminuir a margem de lucro e realizar promoções.       “É o momento de pequenos comerciantes se unirem, compartilhando mailings e mercadorias por consignação. Existe a possibilidade realizar encomendas conjuntas com os fornecedores, a fim de chegar a preços mais atrativos”, orienta.

Alternativas

Mesmo com a abertura das lojas físicas, alguns consumidores poderão optar pelas compras online, os serviços de delivery, entre outros. Desta forma, Maltoni aposta como diferenciais para as vendas online a oferta de condições diferenciadas de pagamentos será importante para aumentar as vendas. “Pode oferecer frete grátis, entrega rápida, personalização do presente e parcelamento das compras. Os comerciantes também podem apostar em parcerias para fazer bons negócios, ou seja, um segmento se unir a outro para oferecer algo mais ao cliente”, sugere.