Banco Mercantil dá dicas para evitar filas na “Prova de Vida” do INSS

Nos últimos dias aposentados estão chegando bem cedo na porta do Banco Mercantil do Brasil na rua Rangel Pestana e no da rua Vigário JJ Rodrigues, no Centro de Jundiaí, formando longas filas para fazer a “Prova de Vida” do INSS. A preocupação é grande para não perder o benefício da Previdência Social.

O Banco Mercantil informa que, para a prova de vida, é mesmo necessário estar fisicamente presente em uma agência.

Destaca ainda que investe constantemente na qualidade do atendimento, mas esclarece que eventualmente podem ocorrer picos de movimento, principalmente em dias de pagamento de benefícios. Além disso, em virtude da pandemia da Covid-19, tem sido necessário seguir o protocolo de distanciamento entre os clientes, conforme exigido pela Organização Mundial da Saúde, o que gera filas visualmente mais longas.

Para evitar esses inconvenientes, o banco orienta que os beneficiários a consultem o dia específico do pagamento por meio do site www.mercantildobrasil.com.br, no recibo de saque ou no calendário afixado nas agências.

O banco também lançou um hotsite especial sobre a pandemia (mb.b.br/coronavirus) para que os clientes possam se informar sobre as agências que estão em funcionamento, orientar sobre como realizar diversos serviços pelo aplicativo e sanar dúvidas na área de “Perguntas e respostas”.

Mantém, ainda, outros canais de atendimento que podem solucionar determinadas demandas do cliente sem necessidade de deslocamento até uma agência.

Alô Mercantil: 0800 7070 398 (gratuito, com demandas atendidas em até três dias úteis): Dúvidas sobre cancelamentos, datas de pagamento, cartão de débito e crédito, renegociação de dívidas e lançamentos na conta.

Ouvidoria: 0800-70-70-384

Canal para defender os direitos dos clientes. Para abrir uma ocorrência na Ouvidoria, o cliente precisa do número do protocolo fornecido pelo SAC