Líderes da greve dos motoristas são demitidos por Justa Causa

As três empresas de ônibus urbanos de Jundiaí iniciaram as demissões de líderes do movimento grevista da manhã desta quinta-feira (08), com Justa Causa.

A Prefeitura exigiu o retorno dos serviços o mais rápido possível.

De acordo com o que foi apurado pelo “Jornal da Região” a lista tem 30 nomes de pessoas envolvidas na paralisação.

As empresas estão chamando os trabalhadores para retornarem imediatamente ao serviço, de forma amigável.

O Sindicato da categoria informou que a greve foi política e que a única assembleia legal é a que foi marcada para às 15 horas na frente do Terminal Central.