Elevadores de ônibus municipais passam por fiscalização

Os elevadores de acessibilidade presentes nos ônibus que fazem o transporte público municipal, voltados para cadeirantes, passam por fiscalização durante esta semana. O trabalho, em toda frota e espalhado por todos os terminais de Jundiaí, está sendo feito por fiscais da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) e tem o objetivo de verificar se há problemas que impeçam a funcionalidade do equipamento.

“A acessibilidade é fundamental para o transporte público, é dar opção para todos”, declara o gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz. “Nós estamos atentos ao serviço oferecido ao nosso usuário e fazemos fiscalizações constantes para que seja mantida a qualidade do sistema.”

Para o assessor de Políticas para a Pessoa com Deficiência, Marco Antonio dos Santos, a fiscalização periódica é importante. “Tanto a fiscalização quanto a manutenção são primordiais, pois em nossa cidade muitas pessoas com deficiência utilizam o transporte público.” Segundo dados do Governo do Estado de São Paulo, em Jundiaí há 7.404 pessoas com deficiência motora.

Caso algum fiscal da UGMT se depare com um elevador que esteja com problemas, o ônibus é recolhido à garagem e a empresa, notificada. Se a empresa não fizer a manutenção, em uma segunda vistoria ela é autuada.