24 horas depois ainda havia fogo no Morro da Baleia

O fotógrafo Douglas Pereira enviou foto ao “Jornal da Região” de um foco de fumaça no Morro da Baleia, 24 horas depois de incêndio que destruiu toda a vegetação entre a Faculdade Padre Anchieta e o bairro da Malota, em Jundiaí.

O fogo começou na manhã de sábado e até o início da tarde deste domingo (05) havia pequenos focos.

Guardas municipais da Divisão Florestal da Prefeitura de Jundiaí, com apoio de soldados do Corpo de Bombeiros trabalharam até a noite no combate às chamas.

Segundo o assessor de imprensa da Guarda Municipal, Luciano Guerino, o local era de difícil acesso até mesmo a pé. Os caminhões pipas não chegavam ao topo do morro, que teve toda a sua vegetação queimada.

Outro problema que poderia ter sido pior, é que a região possui torres de alta tensão que levam energia elétrica para a maior parte da cidade. Por sorte o sistema não foi afetado, do contrário ocorreria blecaute em Jundiaí.

 

%d blogueiros gostam disto: