Começa a paralisação dos Motoboys de Aplicativos em Jundiaí

Os motoboys que fazem entregas por meio de aplicativos em Jundiaí iniciaram neste sábado (09) uma paralisação reivindicando melhorias. As entregas estarão suspensas até o feriado do dia 12 de Outubro, retornando ao atendimento na quarta-feira, dia 13.

Segundo a categoria, os motoboys querem dos aplicativos o fim do bloqueio sem justificativa. Basta um cliente fazer alguma contestação em pedido e os motoboys perdem o direito de trabalhar, sem saber quem foi o autor e o motivo.

Eles pedem melhores taxas para a cidade inteira e não por perímetro, como ocorre hoje. É comum grupos de motoboys ficarem na região do Quartel do Exército, na Via Anhanguera, para “buscar melhor taxa”. Hoje a gorjeta está limitada a R$ 10,00 e os entregadores querem liberdade do cliente escolher o valor.

Eles também pedem o fim da coleta dupla. Isso significa que se um pedido atrasa, o motoboy perde tempo na primeira entrega ou nas demais.

Além disso querem que o chamado para entrega ocorra quando a refeição estiver pronta ou quando as compras estiverem prontas para a viagem. É comum restaurante chamar na hora do pedido, mas quando o motoboy chega é obrigado a esperar até meia hora pela refeição. Alguns restaurantes da cidade chegam a ter aglomerações de motoboys.

Outra reivindicação da categoria é a criação da “bandeira 2” – igual às dos taxis -, para os finais de semana. Com os aumentos dos combustíveis e das peças, tem sido mais oneroso para a categoria se manter trabalhando e só os aplicativos é que ganham.

A categoria também quer a geração de códigos para entregas, para certificar que o pedido foi entregue ao destinatário e ter comprovação, eliminando alguns inconvenientes.

Pedido de ajuda

Os motoboys também pedem para a população a colaboração com doação de alimentos nos pontos de concentração em frente do Maxi Shopping e ao lado do JundiaíShopping. Serão montadas cestas básicas para doações às entidades e famílias que estão passando por dificuldades financeiras.

 

%d blogueiros gostam disto: