Nasce no HU a filha do motociclista que morreu na Bandeirantes

Nasceu nesta sexta-feira (08) no Hospital Universitário (H.U.) de Jundiaí a bebê Maria Eduarda, pesando três quilos e medindo 48 centímetros.

A mamãe Tábita prestou uma homenagem ao esposo, o jovem Eduardo Vieira Gomes, de 23 anos, que faleceu na manhã de terça-feira (05) em acidente de trânsito no Km 52 da Rodovia dos Bandeirantes, como mostrou o “Jornal da Região” durante a semana.

Tábita escreveu no Instagram que estava prestando uma homenagem ao marido, que tanto queria ver o nascimento de Maria Eduarda.

“Olha amor, nossa Maria Eduarda que você tanto sonhou, que perfeita”, disse.

 

Apesar de seus 23 anos, o jovem Eduardo Vieira Gomes, morador no Residencial Jundiaí, em Jundiaí, era muito responsável.

Além de cuidar da família, tinha investido numa casa do pão de queijo em Itupeva, inaugurada no último sábado.

Todos comentaram que ele era um exemplo de pessoa e seria um pai extraordinário.

A vida da família mudou na terça-feira, pela manhã.

Eduardo pilotava sua moto pela Rodovia dos Bandeirantes quando no Km 52 o motorista de uma caminhonete HR / Hyundai teve pane mecânica e parou na faixa de rolamento.

Um caminhão Mercedes Atego 1719 freou bruscamente e Eduardo, que estava logo atrás com a sua moto não teve tempo de parar e bateu na carroceria, caindo na pista.

Logo atrás vinha outro Mercedes Benz Atego 1719, que não teve tempo de frear e atropelou o piloto da moto.

A morte do jovem sonhador e trabalhador foi revoltante para familiares e amigos.

O corpo dele ficou mais de cinco horas no acostamento da estrada aguardando a chegada de peritos da Polícia Científica.

Por volta das 16h30 é que o Serviço Funerário Municipal de Jundiaí foi acionado para recolher o corpo de Eduardo.

Amigas de Tábita estão empenhadas em ajudá-la em tudo o que for preciso e também passaram a fazer homenagens à guerreira e sua filhinha que vai trazer muitas alegrias, apesar dessa tristeza que marcou a família.