Donos de restaurantes são vítimas de pedidos de “fake”

Vários comerciantes enviaram reclamações ao “Jornal da Região” contra os aplicativos de pedidos de refeições.

Eles dizem que estão sendo feitos pedidos falsos, entregadores levam a comida e acabam ficando no prejuízo.

Um comerciante contou que mantém serviços de entregas de lanches pelo Uber Eats.

Assim que o motorista retirou o pedido, em questão de um minuto ele cancelou a entrega informando que não tinha ido ao local. Mas as câmeras de comércios da região gravaram ele retirando o pedido e parando na esquina para o dar o “cancelamento” da viagem.

O comércio teve de mandar para cliente o pedido novamente e ainda ficou no prejuízo com os lanches levados pelo motorista.

A Uber enviou para o comércio resposta de que não se responsabiliza pela “perda”, que entende a frustração do cliente do aplicativo e que está à disposição para colaborar com a Polícia.

Pedidos sumiram

Durante a greve dos motoboys de Jundiaí vários comerciantes também relataram que os motoboys apareciam, retiravam os pedidos, mas as refeições não chegavam aos clientes.

Um dono de restaurante do Maxi Shopping disse ter sofrido prejuízo de R$ 2 mil em um dia.

Um outro comerciante comentou que o prejuízo foi de R$ 1 mil e não teve suporte do iFood.

Os comerciantes informaram que fizeram boletim de ocorrência na Polícia, denunciando os golpes.

 

%d blogueiros gostam disto: