Roldão do Eloy chaves precisa de aprovação dos Bombeiros

A unidade do Atacadista Roldão, no Parque Eloy Chaves, em Jundiaí, ainda não foi inaugurada por um problema no Corpo de Bombeiros.

De acordo com a Prefeitura de Jundiaí, o alvará só será emitido após laudo de vistoria e aprovação das medidas de segurança.

Os bombeiros exigiram novas obras de segurança. Pela legislação o Corpo de Bombeiros tem poder de Polícia e de interdições.

Enquanto as melhorias não forem sanadas, a Prefeitura fica impedida de emitir o alvará para funcionamento.

Por outro lado, quem sofre são os trabalhadores contratados pela empresa.

Nesta sexta-feira (15) eles foram chamados ao Departamento Pessoal, para assinar um termo de concordância de redução dos salários e benefícios, até que saia a autorização.

Um funcionário disse que houve corte de 50% nos salários e já não sabe como vai pagar as contas em casa, como água, luz e aluguel.

Um outro trabalhador disse que deixou o local em que trabalhava para ir ao Roldão, por ser mais perto de sua casa.

O Roldão já havia marcado data de inauguração da unidade da Rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto para o dia 1º de setembro deste ano e teve de cancelar a solenidade.

Nos últimos meses têm sido comum a Prefeitura “bloquear” abertura de estabelecimentos, atendendo as normas do Corpo de Bombeiros.

Em 18 de julho o “Jornal da Região” trouxe matéria alertando os arquitetos e engenheiros de que eles deveriam seguir o novo Código de Obras de Jundiaí, para os seus projetos, a fim de evitar transtornos e até mesmo de ter de demolir ou refazer o que já tinha sido construído.

Os bombeiros verificam, durante as vistorias, as saídas em caso de incêndios ou pânico; as instalações hidráulicas para eventual combate a fogo ou de produtos químicos; escadas ou rampas para eventual acidente; portas e demais itens de segurança.

Os detalhes no caso do Roldão não foram divulgados, mas exigem intervenções no projeto original.

Nota de esclarecimento do Roldão

O Roldão Atacadista esclarece que a obra da nova unidade da empresa, localizada na Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, nº 67.501, no bairro Parque Eloy Chaves, em Jundiaí, não está embargada.

Estamos aguardando os trâmites legais e os processos protocolares para darmos sequência em nossa entrada na cidade. Permanecemos esperando uma posição oficial das autoridades locais para que façamos tudo dentro das leis vigentes.

Sobre a questão de remuneração dos funcionários, informamos que foi ajustado temporariamente o modelo de contratação dos colaboradores com a manutenção de todos os benefícios.

O Roldão Atacadista reforça que o objetivo da empresa é preservar 100% dos empregos gerados em Jundiaí. 

Nota da Prefeitura

A Unidade de Gestão de Planejamento e Meio Ambiente (UGPUMA) esclarece que o referido estabelecimento não concluiu as aprovações do projeto e Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros e, por este motivo, ficou impossibilitado de inaugurar a loja. Para o funcionamento do estabelecimento foram solicitadas ações de contrapartida relacionadas ao trânsito e sinalização viária, descritas no Termo de Compromisso já definido e em fase de assinatura. Encerrados os trâmites específicos necessários para a aprovação e emissão de AVCB, a loja poderá ser aberta.

 

 

%d blogueiros gostam disto: