Sabesp adota medidas para evitar racionamento e pede colaboração da população

A Sabesp anunciou nesta semana que está descartado o racionamento de água na região metropolitana do Estado de São Paulo, em sua área de atuação. Já para a região de Jundiaí, onde a empresa atua em municípios como Itatiba, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Cabreúva e Itupeva, algumas medidas estão sendo adotadas.

A Companhia vem reforçando o pedido para que a população use a água de maneira adequada ao cenário que se apresenta, por meio de diversos veículos: mensagens de texto (SMS), redes sociais, faixas e folhetos.

A empresa chegou a manter por algum tempo contrato com a DAE SA de Jundiaí, para fornecimento de água para Várzea e Campo Limpo Paulista. Mas houve a suspensão da medida em 2014.

Diante desse fato, a Sabesp buscou o desenvolvimento de outras alternativas para o abastecimento dessas cidades, mas ainda tem interesse em comprar água de Jundiaí.

Cabreúva

Em Cabreúva, a Sabesp e o governo paulista lançaram no último dia 23 de setembro as obras de implantação do sistema de abastecimento Jundiuvira;

Itupeva

Em Itupeva, estão em andamento obras de ampliação do sistema produtor São José e estudos para implantação de reservatório no ribeirão São José, além da perfuração de 9 poços profundos, dos quais dois já estão concluídos.

Economia

Seguem dicas para economia de água:

1. Use vassoura e balde para lavar áreas como garagem, corredores, dentre outras. Não utilize mangueiras.
2. Não dê descarga à toa e não utilize o sanitário como lixeira. Em apenas seis segundos de válvula acionada vão embora cerca de 12 litros de água.
3. Não use água corrente para descongelar alimentos.
4. Fique muito atento a possíveis vazamentos. Eles podem passar despercebidos e são grandes causas do desperdício.

Mais detalhes podem ser obtidos no endereço http://site.sabesp.com.br/site/sociedade-meioambiente/dicas.aspx?secaoId=450.

 

%d blogueiros gostam disto: