Homem grava mensagem de WhatsApp avisando que vai matar a ex-mulher

A Guarda Municipal da cidade de Louveira prendeu, neste domingo (17), um homem de 39 anos.

Ele é acusado de ter ameaçado de morte a ex-mulher, de 30 anos, por meio de mensagem de voz no WhatsApp.

Ele ainda foi até o portão da casa dela, descumprindo Medida Protetiva de Urgência expedida pela Justiça.

Quando os guardas chegaram no endereço da vítima, no Jardim Primavera, não encontraram o autor.


Mas com base em informações passadas ao Centro de Controle de Operações da Guarda, ele foi localizado no Burck, detido e apresentado na Delegacia de Polícia Civil, sendo recolhido ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Esse é o quarto caso de ex ou companheiro que ameaça mulheres de morte na região de Jundiaí, em uma semana. Um dos casos também foi em Louveira.

“Peça ajuda sempre”

A nova delegada de Defesa da Mulher de Jundiaí, Rúbia Braz Scarpa Fleming, orienta as mulheres a pedirem ajuda sempre que forem ameaçadas.

“A mulher precisa imediatamente acionar a polícia, registrar a ocorrência e solicitar a medida protetiva de urgência, que será analisada pelo juiz. Existe também a possibilidade de ser abrigada, caso não tenha para onde ir”, disse.

Em Jundiaí existe abrigo e toda estrutura para atender as vítimas que denunciarem o companheiro.

Em Cabreúva ainda não existe abrigo. A Prefeitura informa que dá suporte psicológico para as vítimas.

Em Várzea Paulista foi instalado um abrigo para atender tanto as mulheres vítimas de violência quanto os seus filhos, além do apoio psicológico.

 

Mulher apanha do marido porque marcou consulta médica

Guarda de Cabreúva prende marido que prometeu matar a mulher

Marido avisa que vai matar a esposa ao sair da Cadeia

 

%d blogueiros gostam disto: