Saiba da importância de manter imóveis regularizados

Muitos brasileiros não estão atentos para a importância de ter sua propriedade legalizada. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, cerca de 50% dos imóveis no país têm algum tipo de irregularidade, seja a falta de escritura ou na edificação em si. A informalidade não distingue níveis socioeconômicos: vai de casas populares a condomínios de luxo.

A Vivartte, sediada em Vinhedo, oferece aos proprietários de imóveis da Região uma completa gama de serviços para diagnosticar os problemas e trazer a melhor solução para o cliente.

A empresa realiza a regularização e legalização do imóvel, desde a titularidade (fazer constar em matrícula o proprietário) até a documentação da casa, para que, em uma eventual comercialização do bem, o futuro comprador possa solicitar financiamento imobiliário.

“Fazemos ainda a planta, todo o processo junto à prefeitura, cartório e companhia de saneamento básico para as regularizações e aprovações necessárias. Nosso ‘pacote’ de serviços inclui a documentação do imóvel e da edificação em todas as esferas, além de projetos de arquitetura, estudo de aproveitamento de grandes terrenos, venda de plantas prontas e reformas”, afirma Ana Paula Ferrari, diretora da Vivartte.

“Cuidamos de todas as etapas do processo, prestando serviços em Vinhedo, Louveira, Valinhos e outras cidades”, completa Fernando de Freitas, diretor da empresa.

IMPORTÂNCIA DA REGULARIZAÇÃO

Dois problemas para quem não está com seu imóvel regularizado são o risco da transferência tardia de titularidade incorrer em contratos particulares, firmados à época, hoje serem considerados obsoletos ou incompletos (inclusive inválidos, perante o município e registro de imóveis) e a impossibilidade de financiamento bancário. As instituições exigem toda a situação regular. Outra ilegalidade comumente encontrada é um imóvel que não respeita os limites determinados pela prefeitura.

A irregularidade na edificação também é passível de multas ao proprietário, que pode realizar a construção sem as devidas licenças emitidas, fato que pode ser agravado pelo avanço em uma área verde, por exemplo, ou área permeável. Cada infração gera uma multa que encarece a regularização, podendo dificultar a venda e os investimentos na propriedade.

Num contrato de compra e venda, a partir do momento que a pessoa que adquire o bem não leva a registro a transferência de titularidade ela está sujeita, inclusive, ao questionamento do real direito de propriedade na esfera administrativa ou jurídica. O cliente tem que ter a matrícula do imóvel em seu nome para que possa considerá-lo seu de fato.

Outro nicho que a Vivartte investe é o desenvolvimento imobiliário, que auxilia também as empresas do segmento, com a avaliação e qualificação de terrenos para demonstrar o potencial de aproveitamento para loteamento ou incorporação, contando com o estudo mercadológico.

SERVIÇO
A Vivartte fica na Av. Benedito Storani, 1.425 – torre 1 – sala 205 – Vinhedo Premium Office & Mall. O atendimento ao cliente está sendo feito de forma presencial, pelo celular (19) 99802-6796.

Mais informações no site www.vivartte.com.br

Redes sociais – Facebook: @vivartte / Instagram: @vivartte_co

%d blogueiros gostam disto: