Educadores participam de curso de primeiros-socorros

Na manhã desta sexta-feira (22), no auditório da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) mais uma turma de educadores da Unidade de Gestão de Educação (UGE) passaram pela capacitação sobre primeiros-socorros oferecida pela FMJunior. Este é o segundo grupo a receber a formação específica dedicada ao cuidado das crianças em eventuais ocorrências emergenciais.

Promovido pela FMJúnior, apoiada pela Faculdade de Medicina de Jundiaí, em parceria com a Unidade de Gestão de Educação (UGE) e articulação da Rede Jundiaí de Cooperação, vinculada à Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), a capacitação foi oferecida a 200 educadores de toda a rede.

“A escola é um órgão vivo e essa parceria da Escola Inovadora com a FMJúnior só tem a somar. Aprender sobre como atuar em uma eventual situação de emergência é primordial para ajudar as crianças bem pequenas, como também outros profissionais até conseguir chamar o atendimento especializado”, lembrou a gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques.

“Estou muito contente e satisfeito. Nosso objetivo principal foi atingido. Capacitamos os participantes a atuarem em determinadas situações de emergência, de modo a tornar as escolas locais mais preparados para essas adversidades que podem ocorrer a qualquer momento. A participação de todos foi muito empolgante e espero que essa parceria traga constantemente novos frutos”, comenta o acadêmico do 5° ano de medicina, CEO da FMJunior, Guilherme Bellato.

O curso foi ministrado pela Rebeca Ernandes, acadêmica do 4° ano de Medicina da FMJ. “Para nós estudantes é muito importante transmitir o conhecimento adquirido para a população leiga. Somos apenas estudantes mas compartilhamos o que aprendemos e ajudamos as pessoas a salvar vidas, em algumas situações de emergência. É gratificante”, explicou.

“A linguagem foi muito boa, a estudante foi bem clara, mas a parte prática é fundamental. A parte prática que vai dar segurança para a gente atuar de forma correta, se for necessário. No momento da aflição, eu acho que a gente tem que entender o que está acontecendo e tomar as decisões certas. É importante manter a calma e colocar em prática o que aprendemos hoje”, comenta Monica L. B. Silva, diretora da EMEB Marly na Fazenda Grande. “Eu estou achando ótimo o curso. Eu já tinha participado de um curso na Argos como professora anos atrás. Maravilhosa essa inciativa. Eu acho que o curso deveria ser estendido para todos os funcionários da Educação” acrescenta, a diretora.v

%d blogueiros gostam disto: